terça-feira, 15 de dezembro de 2009

nossos enganos...



Muitas vezes cremos ter apoio incondicional...
Na destreza de uma amor mutuo...
Da sagacidade do imoral...

Muito erramos. Demasiados erros assombram nosso passado e sorriem para um incerto futuro.

Podemos temê-lo?
Devemos repudiá-lo?

Duvidas assombram, pessoas nos olham como animais, monstros em nossas mentes afloram...

Da maciez dos campos em sonhos, me vejo recluso ao silêncio.


Um comentário:

  1. é...
    melhor ficar ao silêncio mesmo.
    deixar essas "evoluções" pra lá.

    ResponderExcluir